Unidades de Conservação - Uso Sustentável

    As Unidades de Conservação de Uso Sustentável têm como objetivo básico compatibilizar a conservação da natureza com o uso direto dos recursos naturais, ou seja, permite o uso com o devido manejo, protegendo a biodiversidade local e os seus recursos renováveis com exceção dos casos previstos na Lei do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC - LEI 9.985/2.000). Este grupo é composto pelas seguintes categorias.

Área de Proteção Ambiental (APA) - É uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) - É uma área em geral de pequena extensão, com pouca ou nenhuma ocupação humana, com características naturais extraordinárias ou que abriga exemplares raros da biota regional, e tem como objetivo manter os ecossistemas naturais de importância regional ou local e regular o uso admissível dessas áreas, de modo a compatibilizá-lo com os objetivos de conservação da natureza.

Floresta Nacional (FLONA) – É uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objetivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos de manejo para exploração sustentável da vegetação local.

Reserva Extrativista (RESEX) - É uma área utilizada por populações locais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e, complementarmente, na agricultura de subsistência e na criação de animais de pequeno porte, e tem como objetivos básicos proteger e conservar o cotidiano cultural dessas populações, assegurando o uso sustentável dos recursos naturais do local.

Reserva de Fauna - É uma área natural com populações animais de espécies nativas, terrestres ou aquáticas, residentes ou migratórias, adequadas para estudos técnico-científicos sobre o manejo econômico sustentável de recursos faunísticos.

Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) - Conforme definição do SNUC, é uma área natural que abriga populações tradicionais, cuja existência baseia-se em sistemas sustentáveis de exploração dos recursos naturais, desenvolvidos ao longo de gerações e adaptados às condições ecológicas locais e que desempenham um papel fundamental na proteção da natureza e na manutenção da diversidade biológica.

Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) - É uma área privada, gravada com perpetuidade, com o objetivo de conservar a diversidade biológica.

O Bicho Biotrips Estudo do Meio, Educação Ambiental e Permacultura

 

Rua Bela Cintra, 450 - Consolação

01415-000 - São Paulo / SP

(11) 2236-4626

(11) 97373-1913

 

E-mail: contato@obichobiotrips.eco.br

Redes Sociais

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Trip Advisor Social Icon
  • YouTube ícone social

2020 - Todos os direitos reservados - O Bicho Biotrips Ecoturismo LTDA.