11 97373-1913

Terra Indígena do Jaraguá (Tekoa Itakupe)

De acordo com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), a atual população indígena do Brasil é de aproximadamente 818.000 indivíduos, representando 0,4% da população brasileira. Vivendo em aldeias e somam 503.000 indígenas. Há, contudo, estimativas de que existam 315.000 vivendo fora das terras indígenas, inclusive em áreas urbanas.

Cerca de 800 indígenas moram ao redor do Pico do Jaraguá numa área que não chega a dois hectares. A Terra Indígena do Jaraguá é considerada a menor do mundo, mas eles reivindicam uma área muito maior na região há 60 anos, são aproximadamente 532 hectares e está sobreposta ao Parque Estadual Jaraguá.

Uma portaria do Ministério da Justiça tornou esse território na Terra Indígena Jaraguá. O interesse indígena nessa área é para o reflorestamento, fazer plantio e poder manter a cultura que aos poucos vai se perdendo em razão dos povos originários do Brasil estarem sendo colocados à margem da sociedade. Até os 7 anos, todos os curumins (crianças) aprendem somente o Guarani, após essa idade eles aprendem a língua portuguesa.

Mesmo no meio da cidade, os povos originários vêm tentando manter seu modo de vida tradicional, e, para isso, contam com a natureza. Desde 2018, eles constroem lagos a partir de nascentes para que possam retirar seu sustento dos peixes. Apesar da urbanização no entorno da Terra Indígena Jaraguá, a pesca é só mais um dos esforços para manter viva a cultura guarani.

Antropologia, Artes, Biologia, Ecologia, Geografia, História e Sociologia.

DISCIPLINAS ABORDADAS: 

Ensino Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Ensino Superior.

NÍVEL: