11 97373-1913

estudo do meio

Existem diversas denominações para esse tipo de atividade, estudo do meio, viagens pedagógicas, turismo pedagógico, mas independentemente da nomenclatura, o principal objetivo é aproveitar as diferentes formas de praticar a educação fora da sala de aula. O Estudo do Meio é uma metodologia de ensino interdisciplinar fora do ambiente escolar, e algumas instituições de ensino estão utilizando essas atividades pedagógicas como uma importante ferramenta no processo de ensino e aprendizagem, proporcionando aos alunos e professores o contato direto com determinadas realidades sociais e culturais, podendo também imergir na complexidade de um determinado espaço geográfico, estabelecendo um diálogo inteligente, com o intuito de desenvolver novos conhecimentos para todos os envolvidos.

Justamente por dar a oportunidade da interdisciplinaridade, esse tipo de atividade pedagógica torna-se um método muito eficaz para os professores reforçarem alguns conteúdos de difícil compreensão, como a geografia, geologia, biologia, física, química ou fatos históricos. Visitar locais de relevância histórica, observar alterações no meio ambiente natural, ter contato com as Comunidades Tradicionais, todas estas vivências articuladas com os desafios pedagógicos das instituições de ensino, constituem a base do desenvolvimento das atividades para os alunos.

Ao participar das atividades de Estudo do Meio, os alunos aprofundam seus conhecimentos sobre o mundo, tendo a oportunidade de aprender por meio dos sentidos e da experimentação, respeitar e conviver com o próximo, buscando desenvolver habilidades para o trabalho coletivo e colaborativo.

Entendemos que para cada instituição de ensino há uma visão de seus professores do que seria importante viver fora da sala de aula com seus alunos. Assim, a programação da sua viagem inicia-se em um bate papo na escola sobre os objetivos das atividades que serão realizadas.

Os projetos são desenvolvidos de modo personalizado aos interesses didáticos e pedagógicos das instituições de ensino, professores e alunos, vinculando-os ao currículo escolar, buscando um aproveitamento interdisciplinar das atividades realizadas onde os alunos possam adquirir uma melhor compreensão do valor da natureza, a diversidade social e cultural, priorizando a sensibilização do indivíduo quanto à importância do seu papel na construção de um mundo melhor, tanto na relação sociedade natureza quanto na dos indivíduos entre si.